2D Controle de Benefícios Identificação de Clientes Reconhecimento Facial Validação de Clientes 

Biometria facial para o Varejo

Durante Retail Big Show 2016, o maior evento de varejo do mundo, promovido pela National Retail Federation, destacou-se que as tecnologias de análise de dados, mobilidade e geolocalização estão entre as principais tendências tecnológicas para os próximos anos, pois permitem a individualização baseada em comportamento de compra, criando experiências únicas.

A justificativa para essa interação vem de impressionantes dados apresentados de que algo entre 75% e 95% das vendas de produtos ao consumidor acontecem dentro de loja.

Mesmo se percebendo que 84% das vendas sofram alguma influência mobile, identificou-se que 93% destas influencia  ocorre fisicamente no ambiente da loja.

Descobriu-se também que 77% dos consumidores estão dispostos a compartilhar sua localização, se perceberem valor na troca.

Os resultados de um eficiente uso de localização e tecnologia geram um melhor entendimento do fluxo de consumidores, a possibilidade de criar experiências exclusivas nas lojas, gerar estímulos de compra no PDV e aumentar a lealdade do consumidor.

Como já ocorre há centenas de anos, o bom e velho ponto de venda físico impera, mas o produto exposto, o serviço e até mesmo o preço  não são mais elementos suficientes para a garantia da venda.

Novos consumidores digitais, os millennials, buscam uma experiência de compra. E segundo Alejandro Padron, executivo para varejo da IBM no Brasil as redes precisam continuar inovando incessantemente, pois estamos vivendo um cenário desafiador para o varejo e a tecnologia irá permitir que os lojistas se tornem mais eficientes no atendimento personalizado aos seus cliente, investindo suas forças na gestão, controle, pessoas, operação e redução de custos. “A ideia é combater o desperdício e melhorar os processos a fim de desenvolver um negócio mais sustentável”

Neste contexto as imagens geradas pelos sistemas de CFTV se caracterizam como um enorme desperdício que pode ser muito melhor usado pelos gestores de marketing e equipes de vendas.

Em alguns anos, haverá nas grandes cidades brasileiras uma câmera para cada 10 habitantes, boa parte delas distribuída em varejos.  Estas câmeras terão a capacidade de gerar até 1,5 exabytes de dados em imagens gravadas e tem muito a contribuir nesta nova forma de se vender.

Destinado às equipes de vendas/marketing das empresas de varejo, que possuem a necessidade de entender o comportamento e oferecer experiências exclusivas de compra, o 2bface é uma plataforma que utilizando reconhecimento facial combina informações de consumo sobre as pessoas identificadas e alerta os vendedores de forma ágil e precisa.  Esta informação  gera a possibilidade de se antecipar com a oferta de produtos e serviços de forma mais assertiva.

Share

Related posts