Análise Comportamental Autenticação de Clientes Automação Controle de Benefícios Controle de Presença Identificação de Clientes Identificação de Fraudes Reconhecimento Facial 

ALAGOAS: Biometria facial: tecnologia detecta fraudes no uso do Cartão Bem Legal

Como previsto no contrato da licitação, as empresas de ônibus começaram este mês a implantar nos veículos o sistema de biometria facial nos veículos. A autorização da instalação já foi publicada no diário oficial do município na segunda-feira (19) pela Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito de Maceió.

O equipamento vai servir para auxiliar ainda mais na fiscalização do uso incorreto do Cartão Bem Legal nas categorias Sênior, Especial e Estudantes. Cartões esses, que possuem benefício de gratuidade para idosos e deficientes, e também a meia tarifa para estudantes.

De acordo com o Sindicato das Empresas de Transporte Urbano de Passageiros – Sinturb, nesta primeira fase 40 veículos irão receber o equipamento. Atualmente em Maceió, mais de 190 mil passageiros possuem algum tipo de benefício tarifário. Esses passageiros estão cadastrados no serviço de bilhetagem eletrônica do Cartão Bem Legal.

Com a implantação dos equipamentos, a utilização dos cartões nestas categorias serão monitoradas pelo Sistema de Bilhetagem Eletrônica – SBE, através de biometria facial. O equipamento está sendo instalado no interior dos veículos e nas catracas solos dos terminais. A biometria identifica o passageiro pelo rosto e compara com a foto do cadastro.

Desde o dia primeiro deste mês, o Sindicato registou mais de 100 utilizações indevidas do Cartão Bem Legal. “Três veículos rodaram com o equipamento para testes e em menos de vinte dias constatamos mais de 100 utilizações irregulares. Os casos vão de adolescentes utilizando cartões de idosos e também de casos que o titular aparece no registro como mulher e o portador flagrado com o cartão dentro do ônibus é um homem.”, denuncia Toni Melo gerente do Sindicato.

O sistema registrará por fotografia os passageiros que utilizarem cartões nestas categorias. A imagem do portador do cartão será enviada automaticamente para o banco de dados da SMTT. As fotos são enviadas de maneira também automática e o sistema faz a comparação da foto do registro e da imagem do passageiro que utilizou o cartão dentro do ônibus.

“A ideia é flagrar passageiros que utilizam cartões de terceiros e consequentemente acabar com a evasão de tarifa do transporte de Maceió. Esperamos que com a fiscalização automática diminua a quantidade de cartões com benefício utilizados de maneira incorreta e que esses passageiros paguem pela utilização do serviço”, reforçou o gerente.

A SMTT é o órgão responsável por fiscalizar e bloquear os cartões. Para Antônio Moura da SMTT, a biometria vem para ajudar na fiscalização dentro dos coletivos de Maceió. “Infelizmente são detectadas varias fraudes no uso do cartão bem legal por parte dos usuários atualmente. A gente espera que o sistema venha para acabar com essas fraudes e evasão. Nós enxergamos com bons olhos a chegada da biometria, mais um fator pra melhorar o transporte da capital.”, destacou o superintendente do órgão.

Sobre a suspensão e bloqueio, na primeira incidência o titular do cartão terá o cartão suspenso por 30 dias, em caso de reincidência suspensão de 60 dias. O titular pode ter o benefício cancelado se for registrado a terceira irregularidade.

http://www.alagoas24horas.com.br/1140008/biometria-facial-tecnologia-detecta-fraudes-uso-cartao-bem-legal/

Share

Related posts